Depois de conhecer os tipos de aprendizagem você poderá aprimorar a sua capacidade de aprender e reter o conhecimento no seu dia a dia.

Você já se perguntou por que algumas pessoas aprendem melhor através da prática, enquanto outras preferem ler um livro?

Ou talvez você já tenha se sentido frustrado ao tentar absorver informações em um ambiente que não se adequa ao seu estilo de aprendizagem?

A busca pelo conhecimento é uma jornada que nos acompanha desde muito tempo.

Entretanto, o processo de aprendizagem nem sempre é tão claro ou direto.

Mas, então, como realmente aprendemos?

O que impulsiona a nossa capacidade de absorver as informações e aplicá-las em nossas vidas diárias?

É exatamente sobre isso que vamos falar aqui hoje.

Explorando os Tipos de Aprendizagem

tipos-de-aprendizagem-estilos-de-aprendizagem

A aprendizagem é uma característica fundamental da experiência humana.

Desde a origem da civilização, os seres humanos têm buscado entender como absorver e aplicar novos conhecimentos.

No entanto, o que torna a aprendizagem tão intrigante é a sua diversidade, porque não existe uma abordagem única que funcione para todos.

Cada indivíduo possui um estilo de aprendizagem único, moldado por uma combinação complexa de fatores genéticos, ambientais e pessoais.

Método VARK

Para compreender os tipos de aprendizagem, é fundamental reconhecer que as pessoas aprendem de maneiras diferentes.

Uma das teorias mais amplamente aceitas sobre os tipos de aprendizagem é a teoria de VARK (1992), desenvolvida pelos pesquisadores Neil Fleming e Charles Bonwell, que sugere que existem quatro modalidades principais de aprendizagem…

  • Visual (Visual).
  • Auditory (Auditiva).
  • Read/Write (Leitura/Escrita).
  • Kinesthetic (Cinestésico).

Talvez, você nunca tenha ouvido falar dessa técnica, mas com as explicações a seguir certamente vai conseguir identificar o estilo de aprendizagem mais adequado para o seu perfil.

Aprendizagem Visual (Recursos Visuais)

Como o próprio nome sugere, uma pessoa visual aprende melhor através de estímulos visuais.

Ou seja, você poderá aprender melhor por meio de gráficos, diagramas, imagens, grifos de diversas cores, mapas mentais e vídeos.

Aprendizagem Auditiva (Fixa pelo Som)

Se você se encaixa no perfil de um aprendiz auditivo, as palavras têm um poder único sobre você.

Ouvir palestras, podcasts e debates pode ser a chave para desbloquear o seu potencial de aprendizagem.

Experimente gravar as suas próprias notas e ouvi-las enquanto realiza outras tarefas.

Participe de discussões em grupo e fale as informações em voz alta para reforçar a sua memória.

Aprendizagem Leitura/Escrita (Aprende Lendo e Escrevendo)

Na aprendizagem através da leitura e da escrita, as páginas de um livro são portais para novos mundos de conhecimento.

Se você se identifica com esse tipo de aprendizagem, concentre-se em escrever resumos, fazer anotações detalhadas e revisar o material escrito várias vezes.

Além disso, criar os seus próprios materiais de estudo, como fichamentos e esquemas, pode ser uma maneira eficaz de consolidar as informações.

Aprendizagem Cinestésica (Movimento e Experiência)

O aprendiz cinestésico é aquele que aprende melhor quando pode colocar a mão na massa.

Nesse caso, experimente transformar o aprendizado em uma atividade física.

Isso pode incluir a realização de experimentos práticos, criar modelos tridimensionais e participar de simulações de situações do mundo real.

Método KOLB

O método KOLB foi criado pelo americano David Kolb em 1976.

Ele sugere um ciclo de aprendizagem experiencial, que é baseado nas atitudes e sentimentos do indivíduo no momento em que ele está aprendendo.

O ciclo apresenta quatro habilidades de aprendizagem…

  • Experiência Concreta (Agir).
  • Observação Reflexiva (Refletir).
  • Conceitualização Abstrata (Conceitualizar).
  • Experimentação Ativa (Aplicar).

Partindo dessas habilidades, Kolb definiu quatro estilos de aprendizagem…

  • Acomodador.
  • Convergente.
  • Assimilador.
  • Divergente.

Cada estilo é definido pela etapa do ciclo com a qual o estudante tem mais facilidade para começar a aprender.

Ou seja, o ponto de partida que o levará a percorrer as outras etapas.

Estilo Acomodador

São pessoas que apreciam desafios e experiências práticas.

As habilidades dominantes são a experimentação ativa e a experiência concreta (agir e aplicar).

Ou seja, usam bastante a intuição e a mecânica da tentativa e erro para chegar ao conhecimento.

Pessoas com essa preferência de aprendizagem aprendem melhor em aulas de campo, projetos, atividades práticas e gamificadas.

Estilo Convergente

Pessoas com esse tipo de aprendizagem buscam aplicação prática das ideias, gostam de resolver problemas e tomar decisões.

As suas habilidades dominantes são a aplicação prática e observação reflexiva (agir e refletir).

Simulações e experiências em laboratório são as preferidas nesse tipo de aprendizagem.

Estilo Assimilador

Tipo de aprendizagem observado em pessoas que gostam de reunir fatos e organizá-los de forma lógica e integrada.

As suas habilidades dominantes são a observação reflexiva e a conceituação abstrata (refletir e conceitualizar).

Leitura, palestras e exploração de modelos analíticos atraem pessoas com esse tipo de aprendizagem.

Estilo Divergente

Pessoas com esse tipo de aprendizagem apresentam melhor desempenho em situações que exigem a geração de ideias.

As suas habilidades dominantes são a conceituação abstrata e a experimentação ativa (conceitualizar e aplicar).

Modelos de construção, estudos de caso, debates e trabalhos em grupo atraem pessoas com esse tipo de aprendizagem.

Método Honey-Alonso

O método de Honey-Alonso foi criado pelo psicólogo Peter Honey e a doutora em educação Catalina M. Alonso.

Ele propõe um ciclo de aprendizagem que resulta da interação entre o ambiente, a experiência prévia vivenciada pelo adulto e os conhecimentos que são construídos individualmente.

A partir dessas competências, foram definidos quatro estilos de aprendizagem…

  • Ativo.
  • Reflexivo.
  • Teórico.
  • Pragmático.

Entenda melhor cada um deles…

Estilo Ativo (Realiza a Experiência)

A pessoa com essa preferência de aprendizagem gosta de situações que possibilitem novas experiências e prefere ficar envolvido com muitas tarefas.

Possui uma mente aberta, gosta de prazo apertado e prefere trabalhar em grupo, de forma que seja o centro das atividades.

Estilo Reflexivo (Revisa a Experiência)

Estilo de aprendizagem observado em pessoas que gostam de analisar todas as alternativas possíveis antes de tomar uma decisão.

Geralmente são pessoas que reúnem muitas informações até chegar a uma conclusão.

Estilo Pragmático (Planeja o Próximo Passo)

São pessoas que colocam as ideias em prática.

Ou seja, aproveitam a primeira oportunidade para experimentar as novas ideias.

Por esse motivo, são práticos, diretos, eficazes e realistas na hora de tomar uma decisão.

Demonstram impaciência, principalmente com pessoas teóricas e abstratas.

Estilo Teórico (Conclui a Experiência)

São pessoas lógicas, que avaliam problemas de forma racional e objetiva.

Pensam bastante sobre teorias, princípios e modelos.

Gostam de analisar e sintetizar as informações, tendendo ao perfeccionismo.

Como Descobrir o Estilo de Aprendizagem

Existem alguns questionários online que ajudam a identificar o estilo de aprendizagem de cada estudante.

São testes que orientam a nomear características e a pontuar limites entre cada modelo.

Vale lembrar, que esse tipo de teste não oferece 100% de precisão e também não existem respostas certas ou erradas.

O objetivo é somente descobrir de que modo cada pessoa aprende melhor e usar essa informação para fortalecer os estudos.

(Conclusão) Aprendizagem ao Seu Alcance

A aprendizagem é uma jornada contínua e enriquecedora que nos desafia a expandir os nossos horizontes, explorar novas ideias e cultivar um amor pelo conhecimento.

Além de ajudar na retenção de conteúdo, identificar o tipo de aprendizado também pode ser útil para evitar a procrastinação durante os estudos, especialmente em assuntos que você tem menos afinidade.

Ao abraçar uma variedade de formas de aprendizagem e começar aplicar em nossa vida diária, poderemos nos capacitar para alcançar os nossos objetivos.

Leia Também…

Inimigos da Produtividade Que Estão Prejudicando Você.

Aplicativos Para Organizar Rotina (Melhores Opções Para Você Escolher).

+ Estudo Ativo e Passivo.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo, se gostou e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus amigos e colegas.


Descubra mais sobre Meu Bloco

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.


0 Comentários

Participe dos Comentários