Saber como fazer um mapa mental pode ser uma excelente possibilidade de você aprender com mais facilidade e, consequentemente, aumentar a sua produtividade.

Independentemente do seu objetivo, se é estudar para ENEM, vestibular, concurso público ou apenas passar de ano na escola, certamente os mapas mentais são uma ótima forma de memorizar o conteúdo.

Além de otimizar o tempo você também vai fortalecer o seu processo de aprendizagem.

Sendo assim, é muito importante você saber como fazer um mapa mental de forma que realmente auxilie no seu desenvolvimento.

(Conceito) Como Fazer Um Mapa Mental 

como-fazer-um-mapa-mental
Imagem: SimpleMind.

Antes de explicar como fazer um mapa mental é preciso entender o conceito dessa ferramenta.

Mapa mental, também conhecido como mapa da mente, mapa cognitivo ou modelo mental, é um tipo de diagrama criado pelo inglês Tony Buzan.

Essa metodologia facilita o entendimento e a memorização de diversos conceitos.

Basicamente, os mapas mentais são divididos em um tópico central, que deve ser associado – por meio de ramificações – a subtópicos de acordo com a necessidade de cada assunto.

A associação entre as palavras deve ser feita de forma não linear, ou seja, sem uma sequência lógica.

Além disso, você também deve usar ferramentas auxiliares, como setas coloridas, símbolos, desenhos, imagens, entre outros.

Quanto maior a diversidade de elementos, mais o cérebro será estimulado.

Leia Também:

+ O Programa Para Fazer TCC Online Que Está Mudando a Vida dos Acadêmicos.

+ A Melhor Planilha Para Organização dos Estudos.

+ 07 Aplicativos Para Organizar a Sua Rotina.

Para Que Servem os Mapas Mentais

O mapa mental é uma forma de organizar as ideias sobre um determinado assunto de forma que facilite a memorização.

O objetivo final é que você tenha uma visão ampla de um determinado tema.

Ao criar um mapa mental você vai trabalhar os lados racional e criativo do cérebro.

Isso, certamente, vai fazer muita diferença na hora de estudar.

Veja algumas vantagens que podem ser aproveitadas por meio de mapas mentais:

  • Ajuda na memorização de conceitos.

  • Facilita a revisão de matérias de forma organizada e resumida.

  • Auxilia na criação e apresentação de palestras.

  • Melhora a organização das informações.

  • Auxilia na recordação de nomes e datas especiais.

  • Elaboração de brainstorming.

  • Estimulação do estudo ativo.

  • Entre outros.

Como Fazer Um Mapa Mental (Passo a Passo)

Basicamente, os mapas mentais podem ser elaborados de duas formas:

  • Desenhados à mão.

  • Pelo computador.

No entanto, a recomendação é que você crie o seu mapa mental à mão, porque dessa forma vai memorizar o conteúdo com maior facilidade.

Você vai precisar de um espaço em branco – que pode ser uma folha em formato paisagem – e bastante cores para escrever as ideias.

Em geral, fazer um mapa mental não tem muito segredo, contudo, existem algumas características fundamentais que todo mapa mental deve ter:

1 – Elemento Central

A ideia principal – ou elemento central – deve ser o foco de todo mapa mental.

Por exemplo: Descobrimento do Brasil.

Para isso, primeiramente, você deve colocar essa ideia no centro da folha.

Será a partir desse ponto que todas as informações devem ser organizadas.

Você também pode optar em colocar uma imagem como elemento central.

2 – Ramificações, Subtópicos ou Ideias Secundárias

Depois de definir o elemento central você cria ideias secundárias ou subtópicos e assim sucessivamente.

As ramificações servem para ajudar na complementação do tema principal e devem ser criadas de acordo com a sua necessidade.

Imagine uma grande árvore coberta por uma grande quantidade de galhos.

Cada ideia secundária deve representar os pontos importantes do assunto central.

Por exemplo:

  • Pedro Álvares Cabral.

  • Porto Seguro.

  • 22 de Abril de 1500.

  • Portugueses no Brasil.

3 – Palavras-chave

Procure escrever o mínimo possível por meio de palavras-chave.

São essas palavras que devem ativar a nossa memória quando necessário.

Além disso, o excesso de informação pode confundir as suas ideias e tornar o trabalho mais demorado.

Sendo assim, evite colocar frases longas na elaboração dos seus mapas.

4 – Linhas ou Setas

As linhas ou setas servem devem estar ligadas à ideia central.

Elas ficam expostas exatamente como se fossem galhos de árvore, onde as pontas ficam mais finas.

Esses elementos vão ajudar na associação e facilitar o entendimento dos assuntos futuramente.

Faça linhas curvas, porque dessa forma vão chamar mais atenção do cérebro.

Isso porque, a mente fica cansada mais rapidamente com as linhas retas.

5 – Cores

As cores também ajudam ativar a nossa memória.

Sendo assim, é importante utilizar cores nos mapas mentais.

A recomendação é usar uma cor diferente para cada ramo principal.

Isso vai facilitar o trabalho do cérebro na hora de fazer as associações.

6 – Desenhos e Símbolos

Os símbolos servem para fazer representações, ajudar na identificação de ideias e evitar o excesso de palavras.

O cérebro também usa um processamento visual de informações.

Sendo assim, os desenhos também servem para ajudar na ativação da memória.

7 – Imagens

Ainda que não seja necessário, pode-se usar imagens na criação do mapa mental.

Elas não devem ser muito grandes para não ocupar muito espaço do seu material.

Entretanto, normalmente se usa imagem quando a criação do mapa acontece com auxílio de aplicativos.

8 – Simplicidade

Lembre-se, que o mapa mental deve ser um resumo.

Sua essência está nas palavras-chave, combinado a alguns elementos auxiliares, como setas coloridas, símbolos, entre outros.

Sendo assim, o excesso de informações pode deixar confuso.

Softwares Para Criação de Mapas Mentais

Como mencionado anteriormente, os mapas mentais podem ser feito à mão ou por meio do computador.

Se você preferir o computador, veja alguns programas para computador ou Smartphone que auxiliam na criação dos mapas:

Basicamente, todas as ferramentas cumprem a finalidade, que é a criação de mapas mentais.

Entretanto, o que difere uma da outra são os valores, que podem ser gratuitos ou pagos.

Sendo assim, a recomendação é você usar e testar aquela ferramenta que mais se adéqua a sua necessidade. 

Além disso, você também pode usar até o Microsoft Word para criar os seus mapas.

(Conclusão) Como Fazer Um Mapa Mental

Com certeza os mapas mentais são uma excelente opção para memorizar os conteúdos de forma rápida e organizada.

Além disso, eles possuem a capacidade de diminuir a ansiedade por causa do excesso de conteúdos.

Basicamente, você só precisa de uma folha em branco e canetas coloridas para começar a criar os seus mapas mentais.

Além de facilitar a compreensão dos conteúdos vai ajudar na memorização.

Dessa forma, os estudos serão mais eficazes e, consequentemente vai otimizar o seu tempo.

Por fim, caso você utilize essa técnica compartilhe por meio dos comentários.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo… se gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus amigos e colegas.

Aproveita e segue o perfil do Meu Bloco nas Redes Sociais:


Descubra mais sobre Meu Bloco

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.


2 Comentários

Participe dos Comentários


  1. Adorei o passo a passo já salvei o artigo para consultar.
    Os mapas mentais uma das melhores maneiras de se organizar, e com o seu artigo ficou mais claro de como criar e organizar as ideias em um mapa.
    Obrigada por compartilhar esse conteúdo incrível tenho certeza de que irpa ajudar muita gente.
    Sucesso!

    • Que bom que gostou do conteúdo e muito obrigado pela sua visita Lilian. Sucesso pra você também!