O Palácio da Memória é uma técnica muito poderosa, que consegue proporcionar uma grande capacidade de memorização e certamente vai ajudar você.

O nosso cérebro tem mais facilidade de relembrar imagens, por isso o palácio da memória é realmente poderoso.

Essa técnica foi muito usada pelos antigos gregos e também é conhecida como palácio mental ou método de loci (plural de locus, que em latim significa “lugar”). 

O Que é o Palácio da Memória

palacio-da-memoria
O Palácio da Memória é uma técnica que certamente vai ajudar você.

O palácio mental é uma espécie de construção imaginária que você deve criar em sua mente.

Essa construção pode ser real ou totalmente imaginária.

Basicamente, cada cômodo vai representar alguma coisa que precisa ser memorizada.

Sempre que for necessário lembrar de algo você caminha mentalmente pela sua construção imaginaria.

Não precisa ser necessariamente um palácio, mas também pode ser uma casa ou até mesmo um trajeto na rua.

Esse lugar será o seu guia para guardar e lembrar de qualquer tipo de informação.

Palácio da Memória (Surgimento da Técnica)

O palácio da memória é uma técnica bastante antiga, registrada desde o Império Romano e a Grécia Antiga.

O desenvolvimento dessa técnica é atribuída a Simônides de Ceos, que além de poeta lírico, também era considerado um grande sábio.

Segundo a história, o poeta foi chamado para recitar em um evento na Tessália.

Simônides, em algum momento retirou-se do local, que logo depois acabou desabando e vitimando várias pessoas.

As vítimas não puderam ser reconhecidas por causa do tamanho da tragédia.

No entanto, com ajuda da sua memória, o poeta teve a capacidade de identificar todos os corpos presentes ao redor da mesa.

Por ser um grande sábio, a partir dessa experiência, Simônides percebeu que qualquer pessoa poderia melhorar a memória, por meio da criação de imagens mentais.

A partir de então, os recursos mnemônicos usados pelo poeta receberam o nome de “Método de Loci” (plural de locus, que em latim significa “lugar”).

Posteriormente a técnica recebeu o nome de palácio mental.

Leia Também: 

+ Como Fazer Um Mapa Mental Passo a Passo.

+ Cinco Inimigos da Produtividade Que Estão Prejudicando Você.

+ Estudo Ativo e Passivo, Entenda a Diferença.

Como Criar o Palácio Mental

Agora, vamos ver como fazer a criação do seu palácio mental de uma forma simples e objetiva:

1 – Escolha do Local

Primeiramente, você precisa definir o local, de preferência que você tenha familiaridade.

Pode ser a sua casa, o local de trabalho, um trajeto na rua ou até mesmo um local fictício.

Coloque móveis, objetos e capriche na decoração, porque isso será necessário na hora da aplicação da técnica.

Esses elementos vão fazer a função de gancho (associação) durante a realização do percurso.

2 – Criação do Trajeto (Memorização do Palácio)

Logicamente, você deve escolher um lugar para começar, que pode ser a sala ou a garagem, por exemplo.

Percorra mentalmente o local, sempre na mesma ordem, até você memorizar o trajeto completo.

3 – Definição das Informações

Escreva em forma de lista todas as informações que devem ser memorizadas.

Feito isso, coloque cada item num determinado local.

4 – Associação dos Elementos

A utilização da técnica se baseia na orientação espacial, ativada por associação.

Certamente será mais fácil lembrar de um sabão sentado no vaso sanitário morrendo de medo de alguma coisa.

Sendo assim, quanto mais absurdo, colorido e ridículo, mais forte será a associação.

5 – Revisão do Palácio Mental

Depois de criado o palácio e todas as informações em seus devidos lugares é hora de revisar o trajeto criado.

Nesse sentido, você deve passear mentalmente pelo local observando a disposição de cada informação.

Faça isso algumas vezes até as informações ficarem completamente memorizadas.

Como Usar O Palácio Mental

A ideia central é criar uma “rota” para ajudar a mente buscar aquilo que precisa lembrar.

Sendo assim, antes de concluir acredito que seja interessante compartilhar com você um exemplo prático com aplicação da técnica.

Primeiramente, vamos criar uma pequena lista de mercado que você precisa memorizar.

  1. Feijão

  2. Arroz

  3. Massa

  4. Açúcar

  5. Sabão

  6. Margarina

Agora, pense na quantidade de itens – que no caso são seis – e cada um deles ficará em um local específico da casa.

Você vai caminhar mentalmente e observar cada item num determinado local.

A ordem é você que vai determinar.

Mas, aqui no meu exemplo, vou fazer da seguinte forma:

Garagem

Começando pela garagem, o feijão acabou de chegar da rua e estava dirigindo um lindo carro em forma de panela de pressão.

Sala de Estar

O arroz está sentado no sofá da sala assistindo televisão.

Cozinha

A massa está na cozinha gritando de pavor porque está derretendo na água fervendo.

Quarto 1

O açúcar é obeso e está no quarto deitado na cama com uma barriga enorme.

Quarto 2

No segundo quarto tem uma margarina totalmente colada na parede, como se fosse uma bolha.

Banheiro

No banheiro está o sabão sentado no vaso sanitário, morrendo de medo da margarina. 

Dessa forma, ao chegar no mercado basta repetir mentalmente o caminho percorrido dentro do seu palácio e recordar os itens que foram organizado em casa cômodo.

Dica Extra

Lembre-se, quanto mais exagerada e ridícula ficar a sua ligação entre as coisas, mais fácil será de buscar as informações.

Refaça o caminho algumas vezes, até o trajeto ficar realmente guardado na sua memória.

Se for algo que você precisa lembrar por muito tempo, repasse as informações periodicamente, porque o cérebro é preguiçoso e precisa ser estimulado frequentemente.

Repita esse processo para nunca mais esquecer.

A Técnica de Sherlock Holmes [Palácio da Memória]

Que tal se você aprendesse a usar a mesma técnica de memorização usada pelo famoso detetive Sherlock Holmes para resolver os mais variados mistérios.

Sim, isso é totalmente possível.

De acordo com um estudo realizado pelo Centro Médico Universitário Radboud, em Nijmegen, na Holanda, qualquer pessoa tem a possibilidade de melhorar a capacidade de memorização.

Ainda nesse sentido, foi verificado que 30 minutos de treinamento por dia são suficientes para melhorar a capacidade da memória permanentemente.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo… se gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus amigos e colegas.

Aproveita e segue o perfil do Meu Bloco nas Redes Sociais:


0 Comentários

Participe dos Comentários

Descubra mais sobre Meu Bloco

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading