Saber como estudar sozinho – especialmente para quem estuda à distância – poderá fazer toda a diferença no seu aprendizado.

Para facilitar o seu desenvolvimento existem algumas técnicas que certamente vão aumentar ainda mais a sua produtividade.

Com isso, em pouco tempo, você vai começar a perceber uma melhora significativa no aproveitamento dos seus estudos.

Primeiramente, é extremamente importante preparar um ambiente específico para essa finalidade.

Para isso ele precisa ter algumas características, como tranquilidade, limpeza, iluminação e ventilação.

Basicamente, estudar sozinho está diretamente ligado a três pontos fundamentais:

Dito isso, continue lendo e descubra como estudar sozinho de uma forma que realmente vai aumentar o seu prazer em estudar.

Como Estudar Sozinho – 11 Dicas Para Você Começar Aplicar Ainda Hoje

como-estudar-sozinho

Cada estudante possui as suas próprias características.

Sendo assim, aquilo que pode funcionar para um, pode não funcionar para outro.

No entanto, existem algumas dicas de como estudar sozinho que podem ser aplicadas por qualquer tipo de estudante.

1 – Primeiro Passo Importante de Como Estudar Sozinho

Com certeza o primeiro passo que deve ser levado em consideração é o planejamento.

Cada atividade deve ser planejada e organizada com bastante cuidado, porque isso pode impactar diretamente no seu desempenho.

Sendo assim, crie um planejamento – ou roteiro, como preferir – que pode ser semanal, mensal ou até semestral.

Por meio dele você deve organizar as suas ideias para não ficar perdido durante os estudos.

Além de estabelecer as matérias que serão estudas você também precisa ficar atento com os horários.

Além disso, também é nesse planejamento que você deve determinar as suas metas e objetivos.

Ou seja, onde você pretende chegar.

2 – Metodologia

Poucas pessoas sabem, mas existem várias técnicas de estudo.

Cada estudante possui uma forma de aprender, por isso é fundamental você verificar qual o melhor sistema de acordo com o seu perfil.

3 – Silêncio

Não tem como estudar sozinho – ou em grupo – num ambiente barulhento.

Por isso, é extremamente importante você escolher um local silencioso para estudar.

O silêncio ajuda muito na concentração.

Dessa forma você vai assimilar com mais facilidade o conteúdo e consequentemente conseguir aumentar a sua produtividade.

Sendo assim, procure um ambiente agradável para estudar e que seja limpo, arejado e organizado.

4 – Iluminação

Além de prejudicar durante o estudo, a má iluminação também pode causar danos a sua saúde.

Isso porque, o aluno vai precisar fazer um esforço maior para enxergar com a falta de iluminação adequada.

Em consequência disso, alguns sintomas vão aparecer, como sonolência, sensação de cansaço, ardência nos olhos e dores de cabeça.

Por isso, a iluminação é um detalhe que também merece atenção.

5 – Distrações

Para saber como estudar sozinho é preciso aprender como lidar com as distrações.

Certamente, elas representam um dos maiores inimigos de quem estuda.

Sendo assim, procure ficar longe de tudo que possa causar essa interferência, como rádio, televisão, cama e sofá.

Leia Também:

📕 Como Manter o Foco Nos Estudos.

📕 Qual a Diferença Entre Ler e Estudar.

O celular também é outro dispositivo que também merece cuidado.

Por isso – se possível – desligue o celular ou desative as notificações para conseguir estudar com mais produtividade.

6 – Descanso

Tudo o que é feito em excesso poderá causar problema.

Além do cansaço você vai acabar perdendo tempo.

Isso porque, você não vai assimilar o conteúdo corretamente e terá que estudar tudo de novo.

Sendo assim, a recomendação é fazer pausas regulares para descansar.

Uma boa forma de estudar – usada por muitos estudantes – é por meio da “Técnica Pomodoro”.

Essa técnica consiste na separação do tempo em pequenos blocos de 25 minutos.

Após a conclusão de cada bloco de tempo é feita uma pequena pausa que pode variar entre 5 e 10 minutos.

Durante o descanso o estudante pode fazer qualquer tipo de atividade, como beber água, alongamento, comer, ir ao banheiro, verificar as redes sociais, etc.

Além de recarregar as energias você terá mais motivação para estudar.

7 – Materiais

Durante a concentração qualquer descuido pode colocar tudo a perder.

Sendo assim, para não perder o foco e manter o ritmo de raciocínio, procure manter todo o material que será preciso num local próximo da sua mão.

Além disso, também é importante ficar atento com a qualidade do material didático que você vai usar.

8 – Rotina e Disciplina

É extremamente importante dedicação durante os estudos.

Por isso, reserve pelo menos alguns minutos para estudar e de preferência sempre no mesmo horário estabelecido – ou aproximado.

Dessa forma você não vai acumular o conteúdo que precisa ser estudado e também não vai sobrecarregar o seu cérebro.

Nesse ponto você consegue perceber a importância do planejamento que foi mencionado no primeiro item.

9 – Cuide da Alimentação

O organismo precisa de nutrientes para manter o bom funcionamento do corpo, especialmente do cérebro.

No entanto, é preciso fazer uma boa escolha na alimentação.

Sendo assim, evite comer certos alimentos antes de estudar, como massas, gorduras e alimentos industrializados.

Uma boa alimentação deve priorizar o consumo de frutas, verduras, legumes, entre outros.

10 – Durma Bem

É durante o sono que a matéria será consolidada no cérebro.

Por isso, uma boa noite de sono é algo que você deve levar em consideração.

11 – Revise o Conteúdo

Para muitas pessoas parece que não faz sentido revisar todo o conteúdo que já foi estudado.

Lembre-se, que o cérebro só vai lembrar daquilo que usamos com maior frequência.

Sendo assim, é por meio da revisão que você vai guardar definitivamente aquele conteúdo na sua memória.

É dessa forma que você pode evitar a chamada “Curva do Esquecimento”.

Como Estudar Sozinho – Conclusão

Independentemente do seu grau de formação e da modalidade de ensino que você escolher (Presencial ou EaD), é preciso saber como estudar sozinho.

No entanto, também sabemos que nem sempre é uma tarefa fácil.

Isso porque, o conforto de casa juntamente com a flexibilidade de horário vai exigir um pouco de disciplina do estudante.

Sendo assim, será preciso criar alguns hábitos para tirar o melhor proveito dessa modalidade de ensino.


Se você gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus amigos e colegas.

Aproveita e segue o perfil do Meu Bloco nas Redes Sociais:

Participe dos Comentários

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.