– Redação Oficial é a maneira pela qual o Poder Público redige atos normativos e comunicações.

– Interessa-nos tratá-la do ponto de vista do Poder Executivo.

É como o Poder Público elabora seus documentos.

Finalidade básica da redação oficial

A redação oficial não é, portanto, necessariamente árida (seca) e infensa (contrária) à evolução da língua.

Sua finalidade básica é:

– Comunicar com impessoalidade e máxima clareza;  

– Impor certos parâmetros ao uso que se faz da língua, de maneira diversa daquele da literatura, do texto jornalístico, da correspondência particular, etc.

Finalidade da língua

A finalidade da língua é comunicar, pela fala ou pela escrita.

Elementos da comunicação

– Emissor;
– Receptor;
– Assunto;

Emissor ou comunicador

– Quem está comunicando;

– Na Redação Oficial será sempre o SERVIÇO PÚBLICO;

Receptor ou destinatário

– Quem recebe a comunicação;

– O próprio Serviço Público – órgão, setor ou departamento (do Executivo ou dos outros Poderes da União);

Cidadãos ou instituições – de maneira geral (o público);

Assunto

Algo a ser comunicado – toda correspondência oficial tratara de assuntos relativos às atribuições do Serviço Público da Administração Pública.

Características inaceitáveis

Algumas características são inaceitáveis na elaboração de atos normativos de qualquer natureza.

Sendo assim, é inaceitável:

– A elaboração de um ato normativo de forma obscura;

– O não entendimento de um texto legal pelos cidadãos;

– A dificuldade ou impossibilidade de compreensão;

A transparência do sentido dos atos normativos, bem como sua inteligibilidade, são requisitos do próprio Estado de Direito: é inaceitável que um texto legal não seja entendido pelos cidadãos. A publicidade implica, pois, necessariamente, clareza e concisão.

Principais características da Redação Oficial

Art. 37 – CF/88
A administração pública direta, indireta ou fundacional, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (…).

1 – Impessoalidade;
2 – Formalidade;
3 – Padronização;
4 – Uniformidade;
5 – Concisão;
6 – Clareza;
7 – Coerência ;
8 – Coesão;
9 – Padrão culto de linguagem;

1 – Impessoalidade

– Impessoalidade é a ausência de impressões individuais;

– De quem comunica, e
– De quem recebe a comunicação;

– O servidor redige a comunicação, sem interferência de opinião;

– Impessoalidade do próprio assunto tratado:
– O assunto diz respeito ao interesse público, por isso não cabe qualquer tom particular ou pessoal;

Embora o destinatário seja seu amigo, não há lugar para impressões pessoais;

A concisão, a clareza, a objetividade e a formalidade para elaborar os expedientes oficiais contribuem, ainda, para que seja alcançada a necessária impessoalidade.

2 – Formalidade

Formalidade por meio dos pronomes de tratamento;

Mais do que isso, a formalidade diz respeito à polidez, à civilidade no próprio enfoque dado ao assunto do qual cuida a comunicação.

A formalidade de tratamento vincula-se, também, à necessária uniformidade das comunicações. Ora, se a administração federal é una, é natural que as comunicações que expede sigam um mesmo padrão.

3 – Padronização

A comunicação é sempre em nome do Serviço Público – com isso, obtém-se, padronização;

A clareza datilográfica, o uso de papéis uniformes para o texto definitivo e a correta diagramação do texto são indispensáveis para a padronização.

4 – Uniformidade

A padronização permite que comunicações elaboradas em diferentes setores da Administração guardem entre si certa uniformidade;

5 – Concisão

A concisão é antes uma qualidade do que uma característica do texto oficial;

Consegue transmitir um máximo de informações com um mínimo de palavras;

O autor deve ter conhecimento para redigir o texto e ainda saber revisa-lo depois de pronto;

É nessa releitura que muitas vezes se percebem eventuais redundâncias ou repetições desnecessárias de ideias;

A concisão atende, basicamente ao princípio de economia linguística, à mencionada fórmula de empregar o mínimo de palavras para informar o máximo. 

A concisão não deve ser confundida com economia de pensamento, isto é, não se devem eliminar passagens substanciais do texto no afã de reduzi-lo em tamanho.

Trata-se exclusivamente de cortar palavras inúteis, redundâncias, passagens que nada acrescentem ao que já foi dito.

Procure perceber certa hierarquia de ideias que existe em todo texto de alguma complexidade: ideias fundamentais e ideias secundárias.

Estas últimas podem esclarecer o sentido daquelas, detalhá-las, exemplificá-las; mas existem também ideias secundárias que não acrescentam informação alguma ao texto, nem têm maior relação com as fundamentais, podendo, por isso, ser dispensadas.

6 – Clareza

– A clareza deve ser a qualidade básica de todo texto oficial;

– O texto claro possibilita imediata compreensão pelo leitor;

– A clareza depende estritamente das demais características da redação oficial;

A clareza depende:

– Da impessoalidade;
– Do uso do padrão culto de linguagem;
– Da formalidade;
– Da padronização;
– Da concisão;

A impessoalidade, evita a duplicidade de interpretações que poderia decorrer de um tratamento personalista dado ao texto;

O uso do padrão culto de linguagem, eliminando-se vocábulos de circulação restrita, como a gíria e o jargão;

A formalidade e a padronização, que possibilitam a uniformidade dos textos;

A concisão, que faz desaparecer do texto os excessos linguísticos;

É pela correta observação dessas características que se redige com clareza.

7 – Coerência

É a compreensão textual;

É aquilo que tem lógica, sentido;

8 – Coesão

É a pontuação;

Trata das articulações gramaticais entre as palavras e orações;

9 – Padrão culto de linguagem

Padrão formal;

É o modelo culto utilizado na escrita, que segue rigorosamente as regras gramaticais;

Nível de linguagem

Se dá pela utilização da norma culta.

Trata-se de uma comunicação do Serviço Público, que tem como objetivo informar, normatizar leis e decretá-las.

As características da redação oficial tem por objetivo permitir uma única interpretação e ser estritamente impessoais e uniformes, o que exige o uso de certo nível de linguagem.

Linguagem dos Atos e Comunicações Oficiais

A necessidade de empregar determinado nível de linguagem nos atos e expedientes oficiais decorre, de um lado, do próprio caráter público desses atos e comunicações; de outro, de sua finalidade.

Os atos oficiais, aqui entendidos como atos de caráter normativo, ou estabelecem regras para a conduta dos cidadãos, ou regulam o funcionamento dos órgãos públicos, o que só é alcançado se em sua elaboração for empregada a linguagem adequada.

O mesmo se dá com os expedientes oficiais, cuja finalidade precípua é a de informar com clareza e objetividade.

As comunicações que partem dos órgãos públicos federais devem ser compreendidas por todo e qualquer cidadão brasileiro.

Para atingir esse objetivo, há que evitar o uso de uma linguagem restrita a determinados grupos.

Gíria, regionalismo e jargão técnico

Um texto marcado por expressões de circulação restrita, como a gíria, os regionalismos vocabulares ou o jargão técnico, tem sua compreensão dificultada.

O jargão burocrático, como todo jargão, deve ser evitado, pois terá sempre sua compreensão limitada.

Língua falada e Língua escrita

Há necessariamente uma distância entre a língua falada e a escrita.

Língua falada

É extremamente dinâmica;

Reflete de forma imediata qualquer alteração de costumes, e pode eventualmente contar com outros elementos que auxiliem a sua compreensão, como os gestos, a entoação, etc., para mencionar apenas alguns dos fatores responsáveis por essa distância.

Língua escrita

Incorpora mais lentamente as transformações, tem maior vocação para a permanência, e vale-se apenas de si mesma para comunicar.

A língua escrita, como a falada, compreende diferentes níveis, de acordo com o uso que dela se faça.

Os textos oficiais, por seu caráter impessoal, por sua finalidade de informar com o máximo de clareza e concisão, requerem o uso do padrão culto da língua.

Há consenso de que o padrão culto é aquele em que:

a) Se observam as regras da gramática formal, e
b) Se emprega um vocabulário comum ao conjunto dos usuários do idioma.

É importante ressaltar que a obrigatoriedade do uso do padrão culto na redação oficial decorre do fato de que ele está acima das diferenças lexicais, morfológicas ou sintáticas regionais, dos modismos vocabulares, das idiossincrasias linguísticas, permitindo, por essa razão, que se atinja a pretendida compreensão por todos os cidadãos.

Lembre-se:

O padrão culto não tem nada contra a simplicidade de expressão, desde que não seja confundida com pobreza de expressão.

De nenhuma forma o uso do padrão culto implica emprego de linguagem rebuscada, nem dos contorcionismos sintáticos e figuras de linguagem próprios da língua literária.

Linguagem Técnica

A linguagem técnica deve ser empregada, apenas, quando for realmente necessária, sendo de evitar o seu uso indiscriminado.

É difícil o entendimento de quem não está familiarizado com termos acadêmicos, e mesmo o vocabulário próprio a determinada área.

Deve-se ter o cuidado, portanto, de explicitá-los em comunicações encaminhadas a outros órgãos da administração e em expedientes dirigidos aos cidadãos.

Revisão do texto

A ocorrência, em textos oficiais, de trechos obscuros e de erros gramaticais provém principalmente da falta da releitura que torna possível sua correção.

Na revisão de um expediente, deve-se avaliar, ainda, se ele será de fácil compreensão por seu destinatário.

O que nos parece óbvio pode ser desconhecido por terceiros.

O domínio que adquirimos sobre certos assuntos em decorrência de nossa experiência profissional muitas vezes faz com que os tomemos como de conhecimento geral, o que nem sempre é verdade.

Explicite, desenvolva, esclareça, precise os termos técnicos, o significado das siglas e abreviações e os conceitos específicos que não possam ser dispensados.

A revisão atenta exige, necessariamente, tempo. A pressa com que são elaboradas certas comunicações quase sempre compromete sua clareza.

Não se deve proceder à redação de um texto que não seja seguida por sua revisão. “Não há assuntos urgentes, há assuntos atrasados”, diz a máxima.

Conclusão

Pode-se concluir, então, que:

Não existe propriamente um “padrão oficial de linguagem”.  

– O que há é o uso do padrão culto nos atos e comunicações oficiais.

É claro que haverá preferência pelo uso de determinadas expressões, ou será obedecida certa tradição no emprego das formas sintáticas, mas isso não implica, necessariamente, que se consagre a utilização de uma forma de linguagem burocrática.


Fonte


0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso de nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise. View more
Cookies settings
Aceitar
Política de Privacidade & Cookies
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Esta política de privacidade descreve como o "Meu Bloco" procede, recolhe, usa e partilha informação pessoal quando usa este website https://meubloco.com. Por favor leia as informações abaixo cuidadosamente para que você possa entender as nossas praticas relativamente como tratamos e lidamos com a sua informação pessoal.

1 – FINALIDADE DO PROCESSAMENTO

O que são dados pessoais?

Nós recolhemos informação sobre si de várias formas, incluindo dados pessoais. Como descrito nesta Política “dados pessoais” conforme é definido no regulamento geral de proteção de dados, incluí qualquer informação, que combinada com mais dados, ou não que recolhemos sobre você identifica você como um indivíduo, incluindo por exemplo o seu nome, código postal, e-mail e telefone.

Porquê que precisamos desta informação pessoal?

Somente processaremos os seus dados pessoais de acordo com as leis de proteção de dados e privacidade aplicáveis.

Precisamos de certos dados pessoais para fornecer-lhe acesso ao site.

Se você se registrou connosco, terá sido solicitado que você assinala-se para concordar em fornecer essas informações para acessar aos nossos serviços, como comprar os nossos produtos ou visualizar o nosso conteúdo.

Este consentimento nos fornece a base legal que exigimos sob a lei aplicável para processar os seus dados.

Você mantém o direito de retirar tal consentimento a qualquer momento. Se você não concordar com o uso dos seus dados pessoais de acordo com esta Política, por favor, não use o nosso website.

2 – RECOLHENDO OS SEUS DADOS PESSOAIS

Nós recolhemos informações sobre das seguintes formas:

Informações que você nos dá. Inclui:

  • Os dados pessoais que você fornece quando se registra para usar o nosso website, incluindo seu nome, morada, e-mail, número de telefone, nome de usuário, senha e informações demográficas;
  • Os dados pessoais que podem estar contidos em qualquer comentário ou outra publicação que você no nosso website;
  • Os dados pessoais que você fornece no nosso programa de afiliados ou em outras promoções que corremos no nosso website;
  • Os dados pessoais que você fornece quando reporta um problema no nosso website ou quando necessita de suporte ao cliente;
  • Os dados pessoais que você fornece quando faz compras no nosso website;
  • Os dados pessoais que você fornece quando nos contacta por telefone, e-mail ou de outra forma.

Informações que recolhemos automaticamente.

Registramos automaticamente informações sobre si e o seu computador, ou dispositivo móvel quando você acessa o nosso website.

Por exemplo, ao visitar o nosso website, registramos o nome e a versão do seu computador, ou dispositivo móvel, o fabricante e o modelo, o tipo de navegador, o idioma do navegador, a resolução do ecrã, o website visitado antes de entrar no nosso website, as páginas visualizadas e por quanto tempo você esteve em uma página, tempos de acesso e informações sobre o seu uso e ações no nosso website.

Recolhemos informações sobre si usando cookies.

3 – COOKIES

O que são cookies?

Podemos recolher informação sua usando ‘cookies’.

Cookies são pequenos arquivos de dados armazenados no disco rígido do seu computador, ou dispositivo móvel no seu browser. Podemos usar tanto cookies (que expiram depois de fechar o browser) como cookies sem data de expiração ( que ficam no seu computador, ou dispositivo móvel até que você os apague) para fornecer-lhe uma experiência mais pessoal e interativa no nosso website.

Usamos dois tipos de cookies: Primeiramente cookies inseridos por nós no seu computador, ou dispositivo móvel, que nós utilizamos para reconhecer quando você voltar a visitar o nosso website; e cookies de terceiros que são de serviços prestados por terceiros no nosso website, e que podem ser usados para reconhecer quando o seu computador, ou dispositivo móvel visita o nosso e outros websites.

Cookies que utilizamos

O nosso website utiliza os seguintes cookies descritos abaixo:

Tipos de cookies e seus propósitos

Cookies essenciais

Estes cookies são necessários para fornecer os serviços disponíveis no nosso website, para que você seja capaz de utilizar algumas das suas funcionalidades.

Por exemplo, poderão permitir que você faça login na área de membro, ou que carregue o conteúdo do nosso website rapidamente.

Sem estes cookies muitos dos serviços disponíveis no nosso website poderão não funcionar corretamente, e só usamos estes cookies para providenciar-lhe um bom serviço.

Cookies de funções

Este cookie permite recordar as escolhas que você já fez no nosso website, como por exemplo a língua, detalhes de login, assim como outras escolhas que fez que possam ser personalizadas por si.

O propósito deste cookies é relembrar todas as escolhas que você fez de formar a criar uma experiência mais personalizada sem ter que inserir novamente os seus dados no nosso website.

Cookies de analise e performance

Estes cookies servem para recolher a informações sobre o tráfego do nosso website e como os utilizadores utilização e navegam no website.

A informação recolhida não identifica em particular nenhum utilizador. Inclui o número de visitantes no nosso website, os websites que indicam o nosso website, as páginas que os utilizadores visitam, os possíveis websites que eles visitaram anteriormente e outras informações similares.

Nós utilizamos estas informações para melhorar e monitorar a atividade do nosso website.

Nós utilizamos o Google Analytics com este propósito. Google Analytics utiliza os seus próprio cookies.

É somente utilizado para melhorar a forma como o nosso website funciona. Poderá saber mais informação sobre os cookies do Google Analytics clicando aqui.

Saiba mais como o Google protege os seus dados aqui: http://www.google.com/analytics/learn/privacy.html

Você pode evitar o uso deste cookie do Google Analytics no seu browser ao instalar uma extensão no google chrome, poderá baixar esta extensão aqui: https://tools.google.com/dlpage/gaoptout?hl=pt-BR

Cookies de publicidade

Estes cookies analisam a forma como navega para podermos mostrar-lhe anúncios que provavelmente serão do seu interesse.

Este cookies utilizam a informação do seu histórico de navegação que com a sua permissão mostra-lhe anúncios relevantes de terceiros, baseado nos seus interesses.

Você pode desabilitar cookies que guardam o histórico da sua navegação, visitando o website http://www.youronlinechoices.com/uk/your-ad-choices. Se escolher remover este tipo de cookies, você verá na mesma os anúncios, mas não serão relevantes segundo os seus interesses.

Cookies de redes sociais

Estes cookies são utilizados quando você partilha informação nas redes sociais, ou de alguma forma tem acesso aos nossos conteúdos através das redes sociais como o Facebook, Twitter, ou Google+.

Desabilitando os cookies

Você pode remover, ou rejeitar cookies através das configurações do browser. Para fazer isso recomendamos que siga as instruções do seus browser (normalmente pode encontrar estas informações nas “configurações” do seu browser em “ajuda”, ou “ferramentas”).

Maior parte dos browser aceitam os cookies automaticamente até você alterar as configurações do mesmo. Se não aceitar os nossos cookies, a sua experiência no nosso site não será tão agradável.

Por exemplo nós poderemos não reconhecer o seu computador, ou dispositivo móvel e você poderá ter que fazer login sempre que entrar no nosso website.

4 – PUBLICIDADE

Nós poderemos utilizar terceiros para apresentar anúncios quando visita o nosso website.

Estas empresas poderão recolher informações como, tipo de browser, hora e dia, tipo de anúncio foi clicado, neste e outros websites de forma a mostrar os anúncios mais relevantes a você.

Estas empresas normalmente utilizam o seu sistema para recolher estes dados, que estão sujeitos ás suas políticas de privacidade.

5 – USANDO OS SEUS DADOS PESSOAIS

Nós poderemos utilizar os seus dados pessoais da seguinte forma:

  • Para manter e melhorar o nosso website, produtos e serviços;
  • Para gerir a sua conta, incluindo comunicações que temos consigo relativamente á sua conta, se tiver uma conta no nosso website:
  • Para operar e administrar o nosso programa de afiliados e outras promoções que você poderá participar no nosso website;
  • Para responder aos seus comentários e perguntas e para prestar apoio ao cliente;
  • Para enviar informações, incluindo informação técnica, atualizações, alertas de segurança e suporte;
  • Com o seu consentimento, fazemos e-mail marketing sobre promoções, e outras novidades, incluindo informação sobre os nossos produtos, ou serviços oferecidos por nós, ou pelos nossos afiliados. Você poderá deixar de receber estas informações a qualquer momento, em todos os nossos emails tem sempre uma opção de sair da lista. Mesmo que saia da nossa lista poderemos enviar e-mails não relacionados com marketing, incluem e-mails sobre alguma conta que tenha connosco (se tiver uma), ou negócios que tenha connosco;
  • Para processar pagamentos que tenha realizado no nosso website;
  • Quando acharmos necessário e apropriado (a) para cumprir com a lei (b) para cumprir com pedidos e processo legais, incluindo pedidos de autoridades públicas e governamentais; (c) para cumprir a nossa Política; e (d) para proteger os direitos, privacidade, segurança, seus e de outros;
  • Para analisar e estudar serviços;
  • Como descrito abaixo em “Partilhar os seus dados pessoais”.

6 – PARTILHAR OS SEUS DADOS PESSOAIS

Podemos partilhar os seus dados pessoais das seguintes formas:

  • A terceiros designados por você. Podemos partilhar os seus dados com terceiros em que você tenha dado o seu consentimento.
  • Serviços prestados por terceiros. Poderemos partilhar os seus dados pessoais com terceiros que realizam alguns serviços como (analise de dados, processamento de pagamentos, suporte ao cliente, envio de e-mail marketing e outros serviços similares).

7 – WEBSITE DE TERCEIROS

O nosso website poderá conter links de terceiros.

Esta Política não cobre as Políticas de privacidade de terceiros.

Estes websites de terceiros tem as suas próprias políticas de privacidade e não não aceitamos qualquer responsabilidade sobre esses websites, suas funções, ou políticas de privacidade.

Por favor leia as políticas de privacidade destes websites de terceiros antes de submeter qualquer informação.

8 – CONTEÚDO GERADO PELO UTILIZADOR

Poderá partilhar os seus dados pessoais connosco quando submete e gera conteúdo no nosso website, incluí comentários no blog, mensagens de suporte no nosso website.

Por favor tenha noção que qualquer informação que você publique no nosso website torna-se de conhecimento publico e ficará acessível a todos os usuários do nosso website incluindo visitantes.

Sugerimos que tenha muito cuidado quando decidir tornar publico os seus dados pessoais, ou qualquer outra informação no nosso website.

Qualquer informação pessoal publicada no nosso website não ficará privada ou confidencial.

Se você nos der alguma review, ou comentário, nós poderemos tornar publico essas informações no nosso website.

9 – TRANSFERÊNCIA DE DADOS INTERNACIONAL

As suas informações incluindo dados pessoais que recolhemos de você, poderão ser transferidos para, guardado em, e processado por nós fora do país onde você reside, onde proteção de dados e regulamentos de privacidade poderão não ter o mesmo nível de proteção como em outros países.

Ao aceitar esta política de privacidade você concorda em transferir, guardar e processar os seus dados.

Nós iremos tomar todas as medidas necessárias para assegurar que os seus dados são tratados da forma mais segura e de acordo com as nossas políticas.

10 – SEGURANÇA

Procuramos tomar sempre todas as medidas, técnicas e administrativas para proteger todos os seus dados da forma mais segura possível.

Infelizmente nenhum sistema é 100% seguro e poderá garantir completamente a segurança dos seus dados.

Se você pensa que os seus dados já não estão seguros connosco (por exemplo o acesso á sua conta foi comprometido), por favor entre em contacto connosco imediatamente e relate- nos o seu problema.

11 – RETENÇÃO

Nós apenas guardaremos a sua informação pessoal durante 30 dias a não ser que um período mais longo seja necessário, ou permitido por lei. OU Nós apenas guardaremos a sua informação pessoal enquanto for necessário e permitido por você para que você possa utilizar o nosso website até que você feche a sua conta ou termine a sua subscrição, a não ser que o período mais longo seja necessário, ou permitido por lei.

12 – NOSSA POLÍTICA COM CRIANÇAS

O nosso website não é direcionado para crianças abaixo dos 18 anos.

Se um pai, ou um encarregado de educação verificar que o seu, ou a sua filha forneceu dados pessoais no nosso website sem o seu consentimento, deverá contactar-nos imediatamente.

Nós iremos apagar todos esses dados o mais rápido possível.

13 – OS SEUS DIREITOS

  • Sair da lista. Você pode contactar-nos a qualquer momento para sair da nossa lista; (i) comunicações de e-mail marketing (ii) a nossa recolha de dados pessoais sensíveis (iii) qualquer novo processamento de dados pessoais que poderemos realizar.
  • Acesso. Você poderá ter acesso ás informações que nós possuímos de você a qualquer momento ao contactar-nos.
  • Alterar. Você também poderá contactar-nos para atualizar ou corrigir qualquer informação pessoal que tenhamos sua.
  • Mover. A sua informação pessoal pode ser transferida. Você tem a flexibilidade de mover os seus dados para outro serviço se assim desejar.
  • Apagar. Em algumas situações, por exemplo quando a informação que temos sobre si já não é relevante, ou é incorreta, você poderá pedir para apagarmos os seus dados.

14 – QUEIXAS

Se você quiser exercer qualquer um deste direitos por favor contacte-nos.

Por favor deixe bem claro no seu pedido (i) que informação quer; e (ii) quais dos direitos acima você quer usar.

Para a sua proteção apenas poderemos completar os seus pedidos, se estes forem feitos com o mesmo e-mail associado aos seus dados, iremos verificar a identidade antes de efetuar qualquer alteração.

Nós iremos atender ao seu pedido o mais breve possível, não mais que 30 dias.

Por favor tenha atenção que eventualmente poderemos ter que guardar alguma informação para mantermos em registro.

Nós estamos empenhados em resolver qualquer queixa sobre a forma como recolhemos os seus dados pessoais.

Se tiver alguma queixa que queira fazer sobre a nossa política de privacidade, ou as nossas praticas relacionadas com os seus dados pessoais, por favor contacte-nos em: [email protected]

Nós iremos responder ao seu contacto o mais rápido possível, no máximo de 30 dias.

Nós esperamos resolver qualquer situação que seja trazida até nós por você, em todo o caso se verificarmos que a sua queixa não é aplicável, você está no seu direito de contactar a autoridade local de proteção de dados.

15 – INFORMAÇÃO DE CONTATO

Nós agradecemos os seus comentários e questões que tenha sobre a nossa política de privacidade.

Poderá contactar-nos por e-mail em [email protected].

Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas para o ajudar a tornar a sua visita no nosso site o mais produtiva e agradável possível.

A garantia da confidencialidade dos dados pessoais dos utilizadores do nosso site é importante para o “Meu Bloco”.

Todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que usem o “Meu Bloco” serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de outubro de 1998 (Lei n.º 67/98).

A informação pessoal recolhida pode incluir o seu nome, e-mail, número de telefone e/ou telemóvel, residência, data de nascimento e/ou outros. O uso do Meu Bloco pressupõe a aceitação deste Acordo de privacidade.

A equipe do Meu Bloco reserva-se ao direito de alterar este acordo sem aviso prévio.

Deste modo, recomendamos que consulte a nossa política de privacidade com regularidade de forma a estar sempre atualizado.

Save settings
Cookies settings